Arquivo

Archive for the ‘Ciência’ Category

Acúmulo de resíduos no meio ambiente

21 de outubro de 2017 Deixe um comentário
Desde a dissolução da União Soviética no fim do ano de 1991, o capitalismo se tornou oÄhnliches Foto sistema econômico dominante no mundo. A principal característica desse sistema é o consumismo, que a alimenta a indústria e fazendo assim o dinheiro girar. Entretanto, o consumo de produtos cria um grande problema no final do seu ciclo de vida, pois muitos deles levam anos para que se decomponham na natureza, por exemplo pneus de automóveis, gerando acúmulo em locais de descartes não preparados para receber esse tipo de material, como os chamados “lixões” espalhados pelo Brasil, afetando assim o meio ambiente.
      Sendo assim, a grande quantidade de produtos que entram em obsolescência, somado a falta de local apropriado para o descarte cria, inegavelmente, o problema da acumulação que gera impactos ambientais tanto em solo, como em oceanos e rios. Visto

Bildergebnis für acúmulo de lixo plástico

Acúmulo de lixo nos oceanos

que nos tempos atuais há milhares de produtos de fácil acesso a população em geral, que têm como característica o longo tempo de decomposição e pouco controle no final de sua vida útil. Como exemplo, pode-se destacar a sacola do supermercado que demora mais de mil anos para se decompor, o óleo de cozinha que contamina grande quantidades de água, entre outros. Com tantos produtos disponíveis, nunca foi tão difícil o controle da geração de contaminantes, como plástico, no mundo, fato que transforma a maneira com que o mercado consome.

      A falta de locais adequados para a transformação e/ou para o descarte desses produtos disponíveis para a população e para as empresas de coleta de lixo no Brasil, leva ao descarte do mesmo em locais de mais fácil acesso, como lixões. Por conseguinte, o acúmulo de resíduos em locais não regulamentados, gera um problema de espaço, pois em uma economia emergente como a do Brasil, que é centrada ainda mais no consumo do que de países ricos, gera a expansão “lixões”.
      A falta de um ciclo de vida sustentável de um produto leva a consequências negativas no meio ambiente. Logo, o governo federal deve, através do Ministério das Cidades e em parceria com cidades e municípios, incentivar a construção de fábricas de reciclagem de lixo, como a que foi construída na cidade de Nova Iorque, com o intuito de mitigar a produção de resíduos, separa-los e dar uma destinação correta para o mesmo, além de criar empregos para as cidades. Igualmente, o governo federal, por meio do Ministério da Saúde deve, através de campanhas midiáticas, criar campanhas para alertar sobre os riscos do mau manejamento do lixo e incentivar o bom aproveitamento dos produtos, através da reciclagem.
Anúncios
Categorias:Ciência, Saúde

Ondas gravitacionais

19 de fevereiro de 2016 Deixe um comentário

Olá!

Neste post irei falar um pouco dessa grande detecção, qual detecção!? Ora…a detecção das ondas gravitacionais.

Olha a onda, olha a ondaaa…

 

Para quem ainda não sabe o que é onda gravitacional, acesse este link do YouTube:

Explicação das ondas gravitacionais

 

 

 

Há 100 anos nosso querido cientista Einsten teorizou sobre as ondas gravitacionais na sua teoria da relatividade, o que isso significa!? Significa que o tecido do espaço-tempo pode se dobrar. Sei e o que eu tenho a ver com isso? Eu não vou para o espaço… Bom para nós meros mortais longe da física, absolutamente nada, por enquanto, pois no futuro nós podemos utilizar este conceito para viajar no espaço, isso mesmo viajar no espaço. Nos dias atuais na melhor hipótese uma espaçonave demora 2 anos aproximadamente para chegar a marte, considerando que nossa casa e o planeta vermelho estão o mais próximo possível, imagina se nós pudéssemos dobrar o tecido e chegarmos em 1 mês, que fantástico seria..ahahahhhh sonho meu…

 

E não é somente isso, o que já é incrível, com a capacidade de detecção das ondas poderemos estudar o que aconteceu no momento do Big Bang, considerando que as ondas elas viajam a velocidade da luz (Foi o Einsten que falou! kkkk, e eu acredito!) por exemplo os buracos negros que foram utilizados para detectar as ondas se fundiram há 1,3 bilhões de anos, ou seja, outro buraco negro pode ter até se fundido com este também, quem disse que não podemos ver o passado. Kkkkkkkkk

ScreenHunter_003.jpg

Estas duas crianças, comedoras de tudo se fundiram há 1,3 bilhões de anos.

ScreenHunter_004.jpg

No momento do impacto das ondas gravitacionais, o laser e seus reflexos se desalinharam e parte da luz deles chegou ao detector. Pela teoria, as ondas gravitacionais criam perturbações no tecido do espaço-tempo e deformam os objetos em seu caminho.

As ondas geradas pela colisão dos dois buracos negros mudaram as dimensões dos tubos do LIGO (Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferômetro), deslocando 4 milésimos do diâmetro de um próton, partícula subatômica do núcleo dos átomos.

ScreenHunter_005.jpg

 

O  que vocês acham que a detecção das ondas gravitacionais significam? Talvez o começo da busca espacial além do sistema solar com humanos, a colonização de Marte esta mais perto… sei não.

 

 

 

 

 

 

 

Deixe nos comentários seu palpite.

Atenciosamente,

PPSC

 

Categorias:Ciência, Sem categoria